Roteiro para conhecer Aparecida/SP

Foto: Rogério Souza

Muito mais que um destino religioso, o Santuário Nacional localizado em Aparecida (SP) é também o destino perfeito para quem curte história e arquitetura. Construído com aproximadamente 25 milhões de tijolos e cheio de uma simbologia única, o local é o maior santuário do mundo dedicado a Maria e, em extensão e número de visitas por ano, como templo religioso, fica atrás somente do Vaticano localizado em Roma, na Itália.

Sua construção se iniciou oficialmente em 1955, mas suas atividades religiosas, em definitivo, passaram a ser realizadas em 1982, quando a imagem de Nossa Senhora foi transferida da Basílica Velha para o Santuário Nacional.

Atualmente, o Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida (sim, este é o nome completo!) e suas extensões contam com uma estrutura para receber visitantes, romeiros e, claro, hóspedes que estão passeando ou cumprindo uma agenda de trabalho.

Se deseja conhecer Aparecida por causa de sua fé mas também, assim como eu, pelo viés histórico, eu montei um guia especial com as principais atividades para você ficar boquiaberto com tamanha riqueza espiritual, patrimonial e cultural.

Memorial da Devoção: Cine Padroeira, Museu de Cera e Devotos Mirins

Foto: Reprodução

O Memorial da Devoção é uma das construções mais recentes do Santuário Nacional. Lá, você encontra o Museu de Cera com mais de 60 estátuas de personalidades que, de alguma maneira, fizeram parte da história do local, além de um cinema 3D com uma experiência absolutamente sensorial e encantadora. O filme, que conta a história de Nossa Senhora Aparecida, tem apenas 15 minutos e vale super a pena! Antes de sair, você encontra também os Devotos Mirins: um espaço dedicado a evangelização das crianças.

Foto: Dreisse Drielle

O passeio completo dura aproximadamente 45 minutos e custa R$15,00.

Missa e imagem de Nossa Senhora Aparecida:

Foto: Rogério Souza

Se você não está com pressa, sugiro fortemente que você acompanhe as missas no horário da tarde e visite a Imagem Sagrada mais no fim do dia. Após as missas da manhã, o fluxo de gente que deseja conhecer Nossa Senhora Aparecida é infinitamente grande e, ao fim do dia, é possível conhecer com mais calma e ainda fazer uma pausa para oração. Os horários da missa são variados e elas duram, aproximadamente, 1h20. Você pode consultar os horários clicando aqui

Passarela da Fé e visita à Basílica Velha:

O passeio à Basílica Velha com certeza não pode ficar de fora do roteiro! O local, muito bem cuidado apesar do tempo, preserva, além da arquitetura original, a história de Nossa Senhora Aparecida e celebra missas todos os dias. Clique aqui para saber os horários.

Interior da Basílica Velha | Foto: Dreisse Drielle

O acesso até lá se dá pela Passarela da Fé onde, com certeza, você encontrará romeiros e fiéis agradecendo e cumprindo suas promessas. São quase 400 m de comprimento entre o Santuário Nacional e a Basílica Velha.

Morro do Cruzeiro e Bondinhos Aéreos:


Estações pontos de pausa e oração do caminho do Calvário - Morro do Cruzeiro | Foto: Rogério Souza

Inaugurado em 1948, o Morro do Cruzeiro é o principal ponto de peregrinação onde romeiros e fiéis se reúnem para realizar a Via Sacra e percorrer o caminho do Calvário. Pelo caminho, é possível encontrar estações que contam a história da vida de Jesus a partir de seu julgamento. No mesmo local, há também a Torre Mirante onde você tem uma visão panorâmica da cidade. Pontos de água, lanche e banheiro estão disponíveis no térreo.

Vista dos Bondinhos Aéreos | Foto: Rogério Souza

O acesso até o local é feito por Bondinhos Aéreos que, confortavelmente, nos levam até a Torre e voltam para a Basílica Nacional. O passeio completo, incluindo a Torre Mirante, ida e volta, custa R$30,00 por adulto. Crianças, idosos e pessoas com deficiência pagam apenas metade do ingresso.

Subsolo do Santuário Nacional:

No subsolo do Santuário você encontra banheiros, lanchonetes, livrarias e também o local correto para se confessar, por exemplo. Possui também vielas charmosas que te fazem ter uma visão “de dentro” da Basílica, além da Casa de Pão, da TV Aparecida e da Sala de Promessas que com certeza merece uma atenção à parte.

Entrada da Sala de Promessas | Foto: Dreisse Drielle

O local reúne roupas, fotos, acessórios e diversos itens doados por pessoas que tiveram seu desejo realizado por Nossa Senhora Aparecida. São mais de 70 mil fotos e diversos itens de acervo pessoal que contam as mais diversas histórias de fiéis anônimos e celebridades devotas (como cantores, misses, atores e artistas conhecidos por participações em reality shows).

Museu de Nossa Senhora Aparecida e o Mirante da Torre Basílica:

Vista da Torre Basílica | Foto: Rogério Souza

Localizados na torre anexa, conhecida como “Torre Basílica”, o Museu tem hoje um vasto acervo de história e devoção. É possível, pelo trajeto, conhecer toda história de Nossa Senhora Aparecida. Destaco, em especial, o manto original dado pela Princesa Isabel em 1868 e também as Rosas de Ouro, presentes dos Papas Paulo IV (em 1967) e Bento XVI (em 2007), localizados na “Casa de Ouro”. No último andar da torre, a vista do Santuário e de Aparecida são de tirar o fôlego. Vale ressaltar que fotos são proibidas no local.


Interior do Museu que conta a história de Nossa Senhora Aparecida| Foto: Thiago Leon

O passeio (museu + mirante) custa R$8,00 e dura, aproximadamente, 45min. Há também a opção de pagar R$ 15,00 e incluir na visita a cúpula central.

Visita à cúpula central:

Com certeza um dos passeios mais incríveis e interessantes do Santuário Nacional é a visita à Cúpula da Basílica. 52m acima do altar central, o visitante tem uma visão completa do espaço sagrado onde ocorrem as missas, além de ver de perto a completa obra sacra em mosaicos venezianos criada por Cláudio Pastro. Instalada ao redor do alto cúpula central, as obras contam interessantes histórias que se referem à Árvore da vida, ao Jardim do Paraíso e ao Reino de Deus. Ao fim do passeio, é possível contemplar também uma exposição que conta toda história da construção do local, sua simbologia e detalhes dos eventos comemorativos dos 300 anos do encontro da imagem no rio Paraíba.

Vista do alto da cúpula central | Foto: Dreisse Drielle

O passeio completo, que inclui a cúpula, a exposição, o Museu de Nossa Senhora Aparecida e o Mirante da Torre custa R$15,00 e dura aproximadamente 1h30 minutos (se você quiser fazer tudo com calma!).

Visita monitorada noturna:

De maneira absolutamente única, um guia te leva por um passeio de aproximadamente 30 minutos por (quase) todas as dependências do Santuário com apenas uma diferença: a noite. Um mergulho por toda arquitetura do local e cada detalhe que compõe toda a estrutura (do chão ao teto) com uma explicação didática em uma visita orientada que te deixará ainda mais apaixonado.

Esse passeio incrível é uma exclusividade/cortesia oferecida aos hóspedes do Hotel Rainha do Brasil e acontece de segunda a sexta, das 19h às 21h, sempre com a presença de um monitor e mediante reserva antecipada.

Onde se hospedar?

Diversos hotéis e pousadas estão localizados ao redor da Basílica, mas existe também a opção de se hospedar diretamente no Hotel Rainha do Brasil, extensão do Santuário Nacional. O hotel, extremamente confortável e bonito, disponibiliza pacotes especiais para hospedagens reservadas entre segunda e quinta, acessibilidade completa para pessoas com mobilidade reduzida, além de capelas (onde é possível agendar missas, caso esteja viajando em grandes grupos), piscina, academia, espaço para crianças, sala para eventos e reuniões e o serviço de translado para o Santuário Nacional.

Área externa do Hotel Rainha do Brasil | Foto: Thiago Leon
Muito mais que as 4 estrelas do Trivago e o fato dele ser ecologicamente sustentável (ganhou muitos pontos comigo!), o hotel me conquistou também pelo carinho e delicadeza em cada detalhe do quarto, atendimento e serviço de restaurante. Ah, e o melhor: há uma passarela/caminho que conecta o hotel diretamente ao Santuário Nacional. Você não precisa esperar pelo translado, se não quiser. Saiba mais sobre o hotel clicando aqui.

Além de todos estes passeios, não deixe de visitar as capelas existentes na parte externa do Santuário, ouvir o tocar dos sinos e, claro, se precisar, conte com toda estrutura disponível no Centro de Apoio ao Romeiro. Lá você encontra locais para almoçar (tem, além de restaurante locais, franquias conhecidas como Grilleto e Mc Donald’s), lojas que vendem suvenires e outros itens.

Interior da Capela das Velas | Foto: Dreisse Drielle

Para realizar um passeio completo em Aparecida, com todos os locais citados, pausas para as missas e o descanso merecido, sugiro que realize com, no mínimo dois dias. Você também encontra um roteiro de fim de semana disponível aqui no blog com um pouco menos de atividade do que as citadas nesse post.

Com certeza, conhecer Aparecida e a grandeza do Santuário Nacional foi uma das experiências mais incríveis que já vivi. Em cada local que você passa, a sensação de acolhimento é única e indescritível. Uma experiência transformadora e completamente singular para os devotos, turistas ou apenas curiosos como eu. Definitivamente um local que espero voltar muitas e muitas vezes!

Para outras informações sobre Aparecida, acesse o portal do Santuário Nacional.

---

A equipe do blog, juntamente com outros blogueiros e jornalistas, participou de uma Press Trip oferecida pelo Santuário Nacional. Participaram da viagem os blogs Mapa Mundi, Vivi na Viagem, Viajar Correndo, Embarque 40 mais, Destinos por onde andei, Diário de Turista e Fuxicos de Viagem.

Postar um comentário

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados à Dreisse Drielle. Layout feito com por Odd