O que você precisa saber antes de ir para Aparecida/SP

Foto: Rogério Souza

Não é segredo para ninguém que eu sou completamente apaixonada pelo Santuário Nacional de Aparecida. Um lugar repleto de uma energia única, uma arquitetura deslumbrante e o local perfeito para exercer nossa fé. O Santuário é também conhecido pelos fins de semana lotados (são, em média, 150 mil fiéis entre o sábado e domingo) e, claro, pela festa da Padroeira celebrada todos os anos no dia 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida.

Com o passar dos anos, diversos fiéis deixaram de ir até a cidade nesta época com receio de encontrar o santuário abarrotado de pessoas. Acontece que, por causa disso, o Santuário Nacional de Aparecida recebe cada vez mais pessoas no mês de novembro e não mais no mês de outubro. 

Sendo assim, se você resolver não se importar com a multidão de fiéis que ainda frequenta a cidade no mês de outubro e irá até o local no próximo dia 12, eu deixei abaixo uma listinha de coisas que você deve ficar atento para ter uma viagem perfeita: 

1. Atenção para a roupa
Este é um item muito importante! Como o Santuário é, além de um templo religioso, um local muito grande também, o ideal é que você se preocupe com esse item tanto quanto se preocupa com o resto da viagem. Roupas curtas, bermudas e bonés não são permitidos. O ideal é que os ombros estejam cobertos, os homens estejam de calças e, caso as mulheres queiram usar saia ou vestido, eles devem estar sempre abaixo dos joelhos. Além do mais, você com certeza vai querer estar confortável para andar por todas as dependências do local.

2. Temperatura
Este é outro item essencial! A primeira vez que fui estava marcando aquela tradicional chuva de verão para o dia, o que me fez pensar todo o roteiro me adaptando a isso. A segunda vez que eu fui marcava frio, mas só esfriou a noite e durante o dia estava bem quente! Se sobrar algum tempo para outras visitações além da missa e da visita à Imagem Sagrada, a previsão do tempo vai te deixar preparado para enfrentar o clima.

3. Visita à Imagem Sagrada
Como de costume, todas as pessoas que vão até o Santuário querem também conhecer a Imagem Sagrada de Nossa Senhora Aparecida. Minha sugestão é que não faça isso logo após o término das missas. Acredite: a fila estará imensa e você não irá ter muito tempo diante da Santa. Mesmo estando cheio no dia 12 de outubro, priorize a visita durante um horário em que alguma missa esteja acontecendo ou logo antes de começar a próxima. Você não irá se arrepender! 

4. Visita noturna
Essa dica só vale para quem vai estender a viagem e ficar até a próxima semana (não só no sábado ou domingo). A visitação noturna é um dos passeios mais incríveis que você pode fazer no Santuário Nacional. Tudo isso porque você irá conhecer a história por trás da arquitetura e ver, com certeza, o local por ângulos que passam despercebidos durante o dia. Este passeio é uma cortesia do Hotel Rainha do Brasil e exclusivo para hóspedes que estão hospedados de segunda a sexta (exceto feriados). 

5. Apoio ao Romeiro
Se você está indo pela primeira vez e está preocupado com lanche, almoço ou até mesmo água, fique tranquilo! No Santuário, você conta com toda estrutura para almoçar, comer e comprar até outros itens, se necessário. Quando eu fui, encontrei até loja de sapatos! O espaço se chama Apoio Ao Romeiro e é ocupado por vendedores locais/regionais que garantem toda a estrutura para que você fiel não fique desamparado. Já no caso da água, elas são vendidas em quiosques por todo pátio do Santuário ou você pode encher sua garrafinha nos bebedouros localizados próximos aos banheiros. 

No mais, espero que sua viagem seja incrível e renovadora. Caso tenha tempo e deseja conhecer novos locais, deixo aqui o link de 2 roteiros: um para o fim de semana (clique aqui) e outro com passeios incríveis também (clique aqui). Para mais informações sobre o Santuário Nacional e a programação para o feriado, clique aqui

Postar um comentário

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados à Dreisse Drielle. Layout feito com por Odd